tetos verdes

Cobertura ajardinada

Março 17, 2014

Dois pesquisadores da Universidade Cardiff, no País de Gales, resolveram calcular como cidades diferentes seriam beneficiadas. Phillip Jones, diretor da Escola Welsh de Arquitetura, e a arquiteta Eleftheria Alexandri simularam no computador os efeitos em 9 metrópoles caso elas cobrissem o teto de todos os seus edifícios com vegetação. Eles perceberam que, dependendo do lugar de construção, a temperatura local poderia cair de 3,6 a 11,3 graus. Quanto mais quente a cidade, maior o efeito refrescante.

model-03-1333

Edifícios com capota

Janeiro 29, 2013

A “pele” de revestimento geradora de energia chama-se Skinenergy.
“Faça chuva ou faça sol” poderia ser a máxima do Skinenergy, projeto de um trio de Ovar, formado por Ricardo Sousa, 37 anos, arquiteto, pelo seu irmão José Sousa, 40, técnico de eletrónica e informática, e pelo amigo de ambos, João Pereira, 30, com um mestrado em Física.